Você sabe a diferença entre proteção veicular e seguro auto?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Quem tem carro, certamente pensa em seguro. Além do seguro obrigatório, vale a pena pensar em outras coberturas.

Uma questão que envolve a contratação de seguros é o preço. Outro ponto a considerar é a existência de outras opções. Neste artigo, vamos falar sobre a diferença entre proteção veicular e seguro automóvel. Qual é mais vantajoso?

O que é seguro automóvel?

O seguro automóvel ou o seguro moto é oferecido por seguradoras que pertencem à iniciativa privada, ou seja, apresentam interesses econômicos.

Ele pode oferecer coberturas diferentes conforme o plano contratado. Quanto mais coberturas, mais alto o valor da apólice.

O que é proteção veicular?

A proteção veicular opera pela reunião de proprietários de carros ou motos sob a forma de cooperativas/associações, como a AMPLA. Nesse caso, não há interesses lucrativos.

Na proteção veicular, as despesas são divididas proporcionalmente entre os membros da AMPLA e, geralmente, ela sai mais barata que a contratação de seguro.

Qual são as diferenças entre proteção veicular e seguro auto?

Acima, já mostramos algumas diferenças.

O seguro automóvel:

  • iniciativa privada;
  • comercializado por seguradoras;
  • fins lucrativos;
  • valor da apólice varia conforme o plano contratado e é individual;
  • preços mais altos (na maioria das vezes).

A proteção veicular:

  • iniciativa coletiva;
  • ofertada pela AMPLA;
  • sem fins lucrativos;
  • valor varia conforme os sinistros e são divididos entre todos;
  • preços mais baratos.

Vamos detalhar melhor algumas diferenças:

Adesão

Antes de realizar a adesão do seguro, é preciso fazer a precificação, que está atrelada a alguns critérios:

  • cotação que leva em conta os dados do segurado e do veículo;
  • proposta realizada junto à seguradora;
  • caso o veículo seja novo (0 km), a nota fiscal é oferecida;
  • se for carro/moto usado e não for uma renovação do seguro, pode ser necessário fazer uma inspeção.

No caso da proteção veicular, a pessoa interessada deve arcar com alguma taxa e assinar um contrato de adesão. É um termo que formaliza a associação e, a partir da assinatura, a proteção já está valendo. O pagamento incide como mensalidades que os membros associados pagam e que variam de acordo com os prejuízos acumulados.

Apólice

No seguro automóvel, o beneficiário recebe a apólice. Esse documento registra os direitos e os deveres do cliente e da seguradora. A seguradora assume os riscos e, portanto, os gastos que venham a surgir passam a ser de sua responsabilidade.

A proteção veicular não tem apólice. A proteção é garantida pelo contrato que foi assinado pelos membros, em que eles se comprometem à responsabilidade mútua sobre os veículos.

Regulamentação

As empresas seguradoras devem cumprir as normas do CNSP (Conselho Nacional de Seguro Privado) e da Susep (Superintendência de Seguros Privados). Esses órgãos oferecem garantias legais ao cliente, conferindo proteção ao negócio.

Já a proteção veicular não dispõe de uma regulamentação específica. As entidades que regulamentam a legalidade do trabalho são a OCB (Organização de Cooperativas Brasileiras) e o Código Civil Brasileiro, o que poderia deixar as resoluções de problemas mais burocráticas, mas com a AMPLA não acontece isso.

A AMPLA é a única associação que tem regulamentação por decisão federal desde 2014. Desde esse ano, ela tem autorização da Justiça Federal para trabalhar no Brasil. É a primeira e, por enquanto, a única com permissão que assegura a legitimidade de suas atividades.

Cobertura

A cobertura oferecida pelas seguradoras são, em geral, as mesmas:

  • roubos;
  • furtos;
  • colisões;
  • danos a terceiros;
  • incêndios.

Mas elas costumam oferecer coberturas extras com custos extras, que podem ser valiosas, como a assistência 24 horas.

A proteção da AMPLA é praticamente a mesma, mas envolve serviços adicionais (assistência 24 horas, carro reserva, proteção mesmo em caso de desemprego, proteção no caso de quebra isolada de faróis, vidros, lanternas e retrovisores) sem custos extras para os membros do grupo.

Enfim, analise o que é melhor para seu veículo antes de contratar um seguro auto. A proteção veicular é uma boa opção para pessoas mais jovens e que buscam economizar.

E você? O que acha melhor? Aproveite para conhecer nossos outros conteúdos. Visite e siga nossos perfis no Instagram e no Facebook!

Procurando proteção veicular ou residencial? Entre agora em contato:





Comentários no Facebook