Seguro veicular e proteção veicular são a mesma coisa?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Homem responsável por proteção veicular faz análise de carro com dano no farol traseiro

Com cerca de 84 milhões de veículos registrados, o Brasil tem uma extensa cadeia de negócios voltados a esse segmento. Desde negócios corretivos, como oficinas, até os preventivos como os seguros e associações de proteção veicular.

No entanto, apenas um em cada quatro veículos no país apresenta algum tipo de seguro ou proteção veicular. Isso porque, geralmente, a contratação desses serviços gera dúvidas, e muitos acreditam que é uma contratação inviável.

Nesse texto, vamos falar sobre as diferenças dos serviços de seguro e proteção veicular, mostrando as vantagens e o funcionamento de cada uma das modalidades e para que você possa escolher entre um ou outro sem dores de cabeça.

Qual a diferença entre proteção veicular e seguro?

Em essência, a proteção veicular e o seguro de carros têm características bem semelhantes. Mas existem pontos onde podemos diferenciar os dois serviços.

Primeiramente, o seguro de carros é ofertado por seguradoras privadas, com interesses econômicos, enquanto a proteção veicular funciona por meio de associações cooperativas sem fins lucrativos.

A proteção veicular, graças a essa forma de funcionamento, costuma ter um valor de contratação mais viável. No entanto, é interessante observar quais as diferenças contratuais em cada uma das opções.

Abaixo, vamos listar com mais detalhes as principais diferenças entre as duas modalidades de serviço.

Forma de adesão

Para aderir a um seguro é recomendado que primeiramente seja feita uma precificação, que depende de algumas variáveis. Para isso, é necessário seguir três passos simples.

Em um primeiro momento é feita a cotação considerando os dados do cliente e veículo, em seguida, a proposta é efetivada junto a seguradora e as condições do veículo vão definir se vai ser feita uma renovação, uma inspeção ou apenas apresentação da Nota Fiscal.

Por fim, o cliente assina um termo de adesão que oficializa a contratação do serviço. O pagamento é cobrado na forma de mensalidades que podem variar dependendo do acúmulo do prejuízo.

Disponibilidade de apólice

Ao contratar um seguro de carros o cliente tem acesso a uma apólice, um documento onde estão especificadas todas as responsabilidades da seguradora e deveres do cliente.

Já no caso da proteção veicular, não há uma apólice. A proteção é assegurada por um contrato que é assinado pelos associados, que se comprometem em responsabilizar de forma mútua pelos veículos protegidos.

Cobertura oferecida

De modo geral, a cobertura oferecida por seguros e pela proteção veicular são as mesmas, garantindo proteção contra roubos, furtos, incêndios, colisões e danos a terceiros.

A diferença aqui é que geralmente seguros de carros também oferecem coberturas especiais com custos adicionais, como a assistência 24 horas, dentre outras opções.

Quais são as vantagens da proteção veicular?

Uma das principais vantagens de aderir a uma associação de proteção veicular é com certeza a economia financeira.

Serviços de proteção veicular por serem ofertados por associações sem fins lucrativos têm um custeio menor. Logo, o preço do serviço é menor.

E apesar de as associações terem uma menor capacidade organizacional, elas oferecem basicamente os mesmos tipos de cobertura dos seguros. Inclusive, com casos em que é possível adquirir coberturas opcionais.

Vale ressaltar que ao integrar uma associação de proteção veicular a responsabilidade do contratante é maior, uma vez que ele não é apenas um cliente, e sim um associado.

Por fim, tanto na hora de contratar com uma associação de proteção veicular ou na contratar um seguro de carros, o mais importante é ter confiança na associação ou seguradora escolhida. Contar com bons parceiros nesse momento é essencial.

Se você gostou desse conteúdo, leia também essas dicas sobre a proteção contra terceiros e entenda como funciona essa cobertura!

Procurando proteção veicular ou residencial? Entre agora em contato:





Comentários no Facebook