Quais os riscos de não ter meu veículo protegido?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
ampla-brasil-proteção-veicular-quais-os-riscos

Para os proprietários de carros e motos, existe o seguro obrigatório. Mas será que somente ele é suficiente? Muitas pessoas julgam desnecessário investir em outro tipo de proteção.

Mas devemos considerar o aumento nos roubos e furtos de veículos e as possibilidades de outros sinistros que podem ocorrer no trânsito. Confira, a seguir, quais são os riscos em não contratar o seguro de carros BH ou a proteção veicular!

Os riscos que você corre sem proteção veicular

Se você não se preocupou em contratar a proteção veicular, veja o que pode acontecer:

Despesas inesperadas

Sem proteção veicular ou seguro de carros BH, você deverá arcar com qualquer conserto, desde pequenos amassados e trincos nos vidros à perda completa do veículo.

Lembre-se de que o DPVAT, o seguro obrigatório, não cobre danos materiais — cobre somente morte, invalidez permanente e despesas médicas.

Roubos e furtos

Todo veículo está sujeito a roubos e furtos. Esses crimes aumentam em todas as cidades e não apenas nos grandes centros urbanos.

A proteção veicular também garante cobertura em casos de roubos e furtos. O ressarcimento respeita a Tabela Fipe.

Ficar a pé no meio da viagem

No caso de fazer uma viagem, é bom estar prevenido. Já imaginou se acontece um problema durante uma viagem com sua família ou para um destino muito distante?

Claro que sempre é possível recorrer a uma oficina mecânica, mas se você não conhece o dono, nem sempre sente muita confiança. Com a proteção veicular, a história é outra: ela oferece assistência 24 horas. Seu carro será guinchado e conduzido a uma oficina credenciada.

Além disso, você tem direito a carro reserva para não ficar a pé ou a hospedagem até que o veículo seja reparado e você possa usá-lo novamente.

Desamparo em pane elétrica ou seca

A maioria dos motoristas já enfrentou pane elétrica, pane seca ou falta de bateria. Sem uma proteção, você novamente vai ficar na mão e preocupado. Com algum tipo de proteção, a assistência 24 hora resolverá o problema.

O que contratar: seguro de carros BH ou proteção veicular?

Uma pergunta fica no ar — o que é melhor: seguro ou proteção veicular?

Na verdade, os dois são bons, mas a proteção veicular é bem mais barata e oferece todas as coberturas de um seguro. Ela também envolve menos burocracia, já que não faz consulta ao SPC/Serasa, nem analisa diferentes critérios para aprovação. É uma opção que vem sendo usada há muitos anos por caminhoneiros.

O seguro de carros BH também é uma boa solução, mas especialmente para veículos mais caros, de pessoas que pertencem à classe alta e não têm problemas em assumir mensalidades mais elevadas.

A proteção veicular é ideal para jovens (que geralmente não têm a mesma prudência no trânsito que motoristas veteranos e, portanto, pagariam seguros mais altos) e para proprietários de carros mais simples e até seminovos e usados (o seguro de carros usados pode ser mais caro porque ele representam um risco maior para a seguradora).

Assim, avalie os riscos a que está exposto se seu veículo não estiver protegido e escolha a melhor opção. Em situações simples do dia a dia, você consegue perceber a diferença entre ter um seguro de carros BH ou uma proteção veicular e não ter nenhuma garantia nesse sentido.

No decorrer do post, falamos bastante sobre a assistência que um carro (ou mesmo moto) protegido consegue ter em diferentes ocasiões. Veja, então, como funciona a assistência veicular!

Procurando proteção veicular ou residencial? Entre agora em contato:





Comentários no Facebook