Por que o seguro moto é importante?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Homem em cima de uma moto na estrada

Quando adquirimos um carro, uma das primeiras medidas que procuramos tomar é buscar por um serviço de proteção veicular. A moto, amada por muitos, no entanto, não costuma receber a mesma atenção.

É costumeira a crença de que a moto não é um veículo que demande tanto a proteção veicular. Seja por seu valor relativamente menor do que o de um carro, ou por ser um veículo usado apenas para pequenas viagens.

No texto de hoje, vamos ver como é importante adquirir um seguro para motos, mostrando que assim é um item essencial. Confira a seguir!

Entenda porque é importante possuir um seguro moto

Apesar de ser pouco procurado por motociclistas em geral, principalmente por haver uma crença de que não existe um valor acessível para proteção veicular de motos, o seguro de moto é muito importante.

Primeiramente porque ele é um instrumento de proteção para o seu patrimônio. Logo, contratar um seguro para sua moto é essencial para a preservação do seu investimento.

Com a contratação da proteção veicular você garante que não saia perdendo em caso de acidentes e colisões. Vale lembrar que essa medida de segurança é uma precaução muito importante, mesmo que ocorra de ela não ser usada.

E atualmente, existem diversas opções de proteção veicular, com valores que se adequam as diferentes realidades, algumas bem viáveis e econômicas que cabem no bolso.

Saiba como escolher um seguro de motos

Além de avaliar o valor, é muito importante fazer uma boa análise da cobertura oferecida no momento da contratação.

Isso porque em casos em que se faz uso constante da moto, para trabalho ou lazer, a cobertura demandada pode ser diferente da cobertura que uma pessoa que usa ocasionalmente o veículo.

Outros pontos como a localização da sua residência ou os locais que você frequenta com frequência podem ser importantes também, uma vez que locais com grande incidência de roubo de veículos podem exigir uma cobertura diferente.

Todas essas questões, assim como o perfil do motorista do veículo, vão fazer muita diferença e devem ser analisados na hora de escolher a cobertura ideal.

Entenda como funciona um seguro moto

Mesmo que sejam categorias de veículos muito diferentes, com diferenças de mobilidade e riscos, o seguro de motos tem funcionamento bem similar ao seguro de carro.

Portanto, a proteção veicular de motos também compreende, dependendo do plano contratado, casos de furtos e roubos, colisão, incêndio, danos causados a terceiros, e outras demandas eventuais e comuns que possam surgir.

Vale ressaltar que pelas características do veículo, a moto acaba gerando mais risco de sinistros, logo a cobertura deve ser mais completa, se possível.

Descubra como é mensurada a cotação de proteção veicular

Empresas que trabalham oferecendo a proteção veicular fazem suas avaliações para cotação do seguro veicular se baseando em estatísticas.

São levados em conta fatores como modelos de motos, considerando se o modelo possui um reparo mais dispendioso ou não, faixa etária e perfil de motorista do associado contratante do serviço, dentre outros fatores.

Portanto, no momento da cotação do seguro veicular vão ser solicitados dados do principal condutor da moto, e é de extrema importância que essas informações sejam fiéis e realistas.

Por fim, vale ressaltar a importância de buscar um seguro de motos para o seu veículo, fazendo cotações de proteção veicular de forma cautelosa, e optando pela opção mais interessante e adequada para a sua realidade.

Se você gostou desse conteúdo, continue lendo sobre o que é preciso saber ao contratar seu primeiro seguro veicular e se prepare para buscar o seguro da sua moto!

    Procurando proteção veicular ou residencial? Entre agora em contato: