O que significam as siglas nas estradas?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

 

As siglas que nomeiam as estradas têm embutidos códigos que explicam que tipo de rodovia cada uma é. As duas letras indicam se ela é federal (nesse caso, o nome começa com BR) ou estadual (nomes iniciados pelas siglas do estado, como SP e RS). No caso das rodovias federais, a responsabilidade por cuidar do asfalto e instalar placas é da União, enquanto nas estaduais quem cuida das estradas é o governo do estado. Há ainda rodovias municipais, mas essas têm nomes, e não siglas, por exemplo, a Estrada Municipal São João de Menti (RJ). Somando vias pavimentadas e não pavimentadas o Brasil tem 1 751 872 km de rodovias: 252 449 km estaduais, 1 382 021 km municipais e 117 402 km federais (já inclusos 141 mil km de vias inacabadas, em construção). As estradas não pavimentadas são a maioria: 1 555 779 km de estradinhas de chão, contra apenas 196 093 km de rodovias pavimentadas.

 

Nas estrados estaduais, a regra é parecida, mas há menos variações

As regras para os nomes das rodovias estaduais são bem parecidas com as das federais. As rodovias radiais, que ligam a capital ao interior, recebem números pares. Já as estradas com números ímpares são as transversais, que cruzam o estado sem passar pela capital. Em São Paulo, por exemplo, a SI’- 270 vai da capital até Presidente Prudente, chegando à divisa com o Mato Grosso do Sul. Já a SP-425 vai do norte do estado, começando em Miguelópolis, e chega à divisa com o Paraná.

 

    Procurando proteção veicular ou residencial? Entre agora em contato: