Mitos e verdades sobre a proteção veicular

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Mãos masculinas em formato de cabana protegendo miniatura de carro vermelho

O seguro de automóvel é bastante conhecido entre os brasileiros. Existe o seguro obrigatório, ou seja, o seguro que o proprietário do veículo (automóvel, moto, caminhão, utilitário) deve contratar forçosamente.

Mas vale apontar uma interessante opção ao seguro: a proteção veicular. Ela é mais econômica e oferece cobertura ampla. Sabia disso? O modo como ela funciona difere, inclusive, um pouco do formato do seguro.

Para ficar por dentro de mais esclarecimentos, vamos mostrar a seguir alguns mitos e verdades sobre proteção veicular. Confira!

A proteção veicular não tem apólice

Verdade. A apólice é um documento característico dos seguros. A proteção veicular não trabalha com apólices. Existe um contrato de responsabilidade mútua que garante a proteção ao veículo. Isso significa que é o próprio grupo de proprietários de veículos que assumem os custos com os prejuízos — não existe uma empresa por trás, como a seguradora.

A AMPLA reúne proprietários de veículos que estejam interessados em uma opção mais econômica, mas que seja eficaz, que se ajuste às suas necessidades. Um contrato de responsabilidade mútua é elaborado e assinado, com pagamento mensal.

O sistema de rateio dá prejuízos aos participantes

De jeito nenhum, é um mito! Várias pessoas preferem o seguro de carros BH porque consideram que ele é mais eficaz que a proteção veicular. O sistema de rateio parece inadequado e injusto.

Por quê?

Porque são os próprios membros do grupo que assumem os custos. Eles assumem, assim, os prejuízos uns dos outros. Então, uma pessoa pode assumir despesas muito caras devido à negligência ou acidentes sofridos por outros membros.

Mas isso é um mito porque o rateio não é uma simples divisão. Por exemplo, consideremos um prejuízo mensal de R$ 2 mil em um grupo de 10 pessoas. Cada um assumirá R$ 200,00. Essa seria uma divisão simples.

Mas, na verdade, o rateio é proporcional. Isso significa que cada um pagará conforme a cota de participação, o valor de seu veículo e outros critérios. Logo, se você tem um carro usado não assumirá o mesmo valor que uma pessoa que tem um carro novo.

As coberturas da proteção veicular são muito limitadas

Mito. Como já dissemos na introdução, a proteção veicular oferece amplas coberturas como qualquer seguro. A diferença é que a menor burocracia para adesão e o sistema de rateio fazem com que seja uma opção mais acessível para quem tem veículos mais simples, mas desejam conferir proteção eficaz a eles.

A proteção veicular oferece proteção:

  • contra roubos, furtos, incêndios, acidentes;
  • em casos de quebra isolada de vidros, lanternas, faróis e retrovisores;
  • contra danos provocados a terceiros;
  • mesmo em casos de desemprego.

Além disso, ela oferece assistência 24 horas (chaveiro, reboque, hospedagem e outras coisas), carro reserva (em casos de sinistro, você tem direito a um veículo reserva), desconto na cota de participação (o desconto pode ser de até 100%).

O valor do pagamento mensal pode variar

Verdade. A pessoa deve pagar uma taxa e assinar o termo de adesão. A partir daí, o pagamento é feito mensalmente e os valores podem variar dependendo da quantidade de prejuízos acumulados durante o mês.

A proteção veicular tem menos burocracia

Verdade. Ao contrário do seguro, que exige maior burocracia para efetivar o contrato, a AMPLA não faz análise de perfil, nem consulta aos órgãos de proteção ao crédito (SPC/Serasa).

A proteção veicular não tem garantia de nenhuma lei

Mito. Embora não conte com uma regulamentação forte, a proteção veicular tem suas operações respaldadas no Código Civil Brasileiro e na Organização de Cooperativas Brasileiras (OCB). Além disso, a AMPLA é a única instituição que oferece proteção veicular que tem autorização da Justiça Federal, o que agrega maior valor e segurança aos serviços que presta.

Esperamos que esses esclarecimentos sejam suficientes para confirmar que a proteção veicular é uma opção tão vantajosa (e mais econômica) que o seguro de carros BH.

Se você gostou deste post, aproveite para conhecer nosso conteúdo regular. Basta assinar nossa newsletter: um processo que só vai consumir poucos segundos de seu tempo!

    Procurando proteção veicular ou residencial? Entre agora em contato: