Como funciona um rastreador veicular?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
ampla-brasil-seguro-auto-rastreador-veicular-como-funciona

Beautiful blond young woman in casual denim jacket riding with confidence modern cabriolet car on summer day, back view, close up of hand with cute fashion bracelet

O seguro auto e o seguro moto não são as únicas possibilidades para proteger o veículo. Vale a pena recorrer a outras soluções e, entre elas, está o rastreador veicular.

Esse componente é essencial para aumentar a segurança, além de garantir tranquilidade e monitoramento. Depois de conhecer como ele funciona, você saberá por que vale a pena contratar uma opção do tipo.

A seguir, veja como funciona um rastreador desse tipo e entenda como ele interfere na proteção veicular!

Afinal, o que é o rastreador veicular?

De forma simples, podemos dizer que o rastreador é um componente eletrônico instalado no veículo e que serve para demonstrar qual é a posição do carro ou moto em certo momento.

Para que isso seja possível, há duas tecnologias utilizadas: GPS ou radiofrequência.

No caso do GPS, o sinal é enviado para satélites, que devolvem a informação via internet. Com isso, há como confirmar, com precisão, onde está o veículo em determinado período.

Já a tecnologia de radiofrequência utiliza ondas que são captadas e “traduzidas” por antenas. Ambas as soluções têm ampla cobertura, mas o GPS é mais moderno e fornece mais informações.

De qualquer forma, os sinais são recebidos por uma central de monitoramento, formada por profissionais especializados. Ela costuma funcionar 24 horas, 7 dias por semana e faz o acompanhamento das informações dos veículos.

Para que serve o rastreador veicular?

O principal objetivo de instalar esse componente é ter informações concretas, confiáveis e em tempo real sobre cada veículo. É possível reconhecer, de forma precisa, o posicionamento. Com isso, em caso de roubos ou furto, é mais fácil recuperar o veículo.

Também é um elemento importante para a ocorrência de sequestros, por exemplo. Muitos deles apresentam o chamado “botão do pânico”, que envia uma mensagem para a central de monitoramento em tempo real. Nesse caso, a equipe pode conferir a situação e mobilizar as autoridades, se for necessário.

Essa ainda é uma alternativa que costuma ser em conta. Há diversas soluções com instalação gratuita e a cobrança de uma pequena parcela mensal.

Qual a influência do rastreador na proteção veicular?

Um dos principais motivos para adquirir, instalar e contratar esse componente tem a ver com a segurança. Graças ao uso desse elemento, é possível obter muito mais proteção veicular no dia a dia.

Como visto, é uma opção que reduz muito os riscos de perda do veículo por roubo, furto ou sequestro. Com isso, também reduz as chances de encarar dores de cabeça.

Em relação ao seguro auto ou seguro moto, é comum que as seguradoras ofereçam condições melhores. No caso de uma associação com rateio mútuo, o rastreador é ainda mais relevante porque reduz possíveis pagamentos decorrentes de prejuízos. Então, é uma alternativa especialmente destacável!

O rastreador é essencial para a proteção veicular e, inclusive, ajuda a reduzir custos com seguro auto e seguro moto. Mesmo com a seleção de uma modalidade de rateio mútuo, essa é uma escolha muito positiva e que trará mais tranquilidade ao seu cotidiano.

Quer ter muitas outras dicas e ficar por dentro das novidades? Curta nossa página no Facebook e nos siga no Instagram!

Procurando proteção veicular ou residencial? Entre agora em contato:





Comentários no Facebook