Como acionar o seguro de carros em caso de acidentes?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Acidente na via com batida de carros

Diante da ocorrência de um sinistro, acionar a proteção veicular deve ser uma das primeiras medidas tomadas. No entanto, no momento da ocorrência, por nervosismo, podem surgir dúvidas sobre como acionar o serviço de proteção veicular.

Em geral, saber as regras e ter conhecimento sobre como acionar o seguro veicular é fundamental para usufruir de todos os benefícios da proteção. Esse conhecimento vai permitir que o atendimento em um momento tão crucial seja mais eficiente.

No texto de hoje, vamos falar sobre como é essencial ter um seguro veicular. Mais que isso, saber acionar e utilizar esse seguro, principalmente em momentos cruciais, como em casos de sinistros. Confira!

Sinalize o local

Antes de qualquer coisa, é essencial sinalizar o local do sinistro e verifique se não há nenhum ferido. Caso existam feridos, é necessário solicitar atendimento com urgência. Não se esqueça de não mover as vítimas em caso de feridos.

Se for possível, movimente o carro para retirá-lo do meio da via. Motos nunca devem ser movidas, principalmente se o acidentado ainda estiver nela, para não ocorrerem danos a coluna.

Após tomar todas essas precauções, sinalize a via, utilizando um triângulo, ou galhos. A sinalização é importante para alertar outros motoristas e evitar outros acidentes.

Registre a ocorrência

Assim que possível, logo após sinalizar o local do sinistro, é importante registrar a ocorrência junto à polícia.

Solicite os dados de todos os envolvidos no sinistro e, se possível, de algumas testemunhas, e então ligue ou se vá a uma delegacia.

O boletim de ocorrência é importante pois vai ser solicitado pela prestadora de serviço de segurança veicular.

Contate a prestadora de proteção veicular

Com o boletim de ocorrência em mãos, e algumas fotos do acidente, se possível, é hora de buscar a sua empresa de proteção veicular. Para isso, ligue para a empresa usando o número informado em apólice.

Atenção, é importante ter o esse número de contato sempre em mãos para casos extraordinários como a ocorrência de um sinistro.

Com todos os registros feitos, após acionar a proteção veicular, a empresa vai fazer a verificação das circunstâncias da ocorrência e verificar se ela atende às regras do contrato.

O registro de dados da ocorrência é de extrema importância para esse momento, uma vez que são esses dados que vão auxiliar na otimização da análise da seguradora.

Portanto registre informações suas e de outros veículos que possam ter sido envolvidos, fotos e filmagens, bem como as testemunhas que já mencionamos. Todas essas peças serão importantes para tornar o acionamento da segurança veicular mais rápido.

Leve seu carro à oficina e renove seu seguro

Após todos os passos acima citados, chegamos à última etapa. Logo após a seguradora confirmar que o sinistro está inclusivo na cobertura descrita em apólice, é hora de direcionar o veículo para as oficinas credenciadas.

Essas oficinas possuem autorização prévia para reparar automóveis para uma determinada seguradora. Existem também contratos onde a cobertura permite que o próprio consumidor busque a sua oficina de preferência. Vale verificar em contrato qual o seu caso.

Em todo caso, é necessário que a seguradora aprove o orçamento antes que o conserto seja realizado. Oficinas credenciadas, costumam ter mais rapidez em prestar serviços e na condução de todos os processos.

Por fim, e tão importante quanto todos os outros passos, é importante pagar e renovar o seu contrato com a sua seguradora. Tão essencial quanto ter um serviço de proteção veicular é saber usufruir do mesmo. E com essas dicas, esse processo vai se tornar mais simples!

Se você gostou desse conteúdo, leia também essas dicas sobre o que é preciso saber ao contratar seu primeiro seguro veicular!

    Procurando proteção veicular ou residencial? Entre agora em contato: