5 dicas de negociação ao fazer a cotação de seguro veicular

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Dois homens negociando e fazendo a cotação de seguro veicular.

No momento de realizar a cotação de seguro veicular, você pode, com algumas dicas e tendo em mente certos fatores, economizar tempo e conseguir propostas financeiramente mais viáveis.

Existem seguros veiculares de diversos valores e tipos, e tudo vai depender da proteção selecionada, do seu perfil como motorista e dos seus hábitos de condução — esses pontos devem ser levados em consideração em uma cotação de seguro veicular completa.

Neste texto, vamos dar algumas recomendações para que você consiga realizar o maior número de cotações possíveis, de forma rápida e objetiva e encontrar o melhor serviço de proteção para seu veículo!

1 – Aproveite a facilidade de fazer cotações online

Com a agilidade do mundo virtual, tudo ficou mais prático, inclusive para cotar planos de proteção veicular. Busque sites de confiança e faça cotações de seguro sem sair de casa.

Além de uma maior rapidez no serviço, você ainda economiza com o deslocamento necessário para fazer as negociações. Também fica mais fácil de comparar propostas oferecidas por diferentes prestadoras de serviço de proteção veicular ao optar pelas cotações online.

2 – Verifique a situação cadastral da prestadora do seguro

Acesse o site da empresa com a qual pretende ou já está negociando o serviço para verificar sua condição jurídica.

A fim de não passar por um “barato que sai caro”, procure contar com uma companhia devidamente credenciada. Hoje em dia, seguradoras são certificadas pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), já as prestadoras de proteção veicular podem ser registradas e regulamentadas pela Justiça Federal.

Esse tipo de certificação importa para que você negocie com uma empresa que atua seguindo a legislação e comprometida em arcar com o que foi definido em contrato.

3 – Defina seu plano de proteção com calma

Não se afobe! A pressa é inimiga da perfeição, inclusive no momento de cotar seu seguro e encontrar as melhores oportunidades e coberturas.

Não caia no erro de negligenciar uma pesquisa completa, pois isso faz com que você acabe contratando as primeiras empresas que entrarem em contato, o impedindo de fechar um bom negócio. Realize toda a busca necessária e faça as cotações com tempo e paciência — para tanto, não deixe essa tarefa para o último segundo.

Mais uma vez, vale aproveitar a internet para agilizar o processo de levantamento de dados, proporcionando tempo livre para que você analise as propostas com calma.

4 – Faça a cotação de seguro veicular com coberturas predefinidas

Essa dica serve para que você não cometa o equívoco de contratar uma cobertura que não precisa de fato. Tire um tempo para estudar as coberturas disponíveis nas empresas do seu interesse e defina quais delas são realmente necessárias.

Pense sobre o que importa para suas demandas e o que pode ser interessante de incluir; defina uma utilidade prática para cada cobertura e só contrate aquelas que você sabe que o fazem.

5 – Não tenha vergonha de negociar os valores

Do mesmo jeito que os corretores e vendedores buscam negociar valores e oferecer propostas, você também deve estar preparado para propor alternativas e barganhar a fim de conseguir melhores condições.

Separe as propostas mais interessantes que recebeu — ou seja, as melhores cotações de seguro veicular — e tente meios de conseguir descontos e formas de pagamento vantajosas para você.

Vale dizer que, além de todos os pontos já citados, é muito importante contratar uma seguradora na qual você confie e consiga estabelecer diálogo.

Por isso, avalie também o atendimento da empresa ao fazer a cotação de seguro veicular e fique com aquela capaz de passar mais segurança e liberdade para você, pois trata-se de uma parceria de longo prazo.

Gostou dessas recomendações? Então, considere assinar nossa newsletter e receba em primeira mão todos os novos conteúdos!

Procurando proteção veicular ou residencial? Entre agora em contato:





Comentários no Facebook